2 minutos Eu já tinha caminhado 2 quilometros e começava a me cansar. Passei pelo meu banco preferido da avenida. O lugar do mundo todo que eu me sentia melhor. Ele sempre estava lá. De madeira, no meio das duas árvores e com um parafuso cinza a mostra. Parece exagero mas ele me transformou. Estava ali, só pra mim. E sempre deixou claro que estava disponível. Nunca duvidei. Nunca precisei. “Quero andar mais”, pensei. E na verdade, eu nem queria.  Só queria lembrar um Continue lendo

1 minuto A torneira da pia da cozinha de casa quebrou. Depois de quase dois anos de muita louça, ela simplesmente não aguentou. Quebrou a pecinha que faz a torneira abrir e a água sair. Na primeira vez que ela deu os primeiros sinais de que estava quase quebrando, nós conseguimos encaixar de volta e ufa, que alívio. E assim foi por um tempo. Nós ficávamos encaixando para poder usar a água e lavar as xícaras, pratos e copos. A gente queria acreditar que Continue lendo

1 minuto Bateu. Funcionou e fez nosso coração querer dançar mais. Que vontade de aumentar o volume. E queremos mais que o máximo. Nunca ouvimos aquela música daquele jeito e naquele tempo. A melodia faz o coração bater mais forte e a barriga ficar gelada. Nós queremos ouvir de novo, várias vezes, toda hora. O nosso corpo estava sofrendo as influencias dos tons musicais de um jeito lindo. E por mais que tivéssemos tentado, não deu pra pausar. Em pouco tempo, já consigo montar Continue lendo

1 minuto O mar continua gigante e por algum motivo, agora não é tão bom viver ali. Parece que as ondas estão mais fortes e o sal da água deixa a boca seca. Sentimos falta do peixe especial e não sabemos para onde nadar. É estranho. Acho que nem o Renato Russo saberia explicar. Talvez tenha a ver com o processo de crescimento do peixe. Talvez tenha a ver com escolhas estranhas ou com o nível do mar. Isso porque de tempos em tempos Continue lendo

1 minuto Pegamos a canoa, que ainda está perto da beira. Empolgados, já subimos bem rápido. Famintos por felicidade. Famintos por amor. A gente nem pensa, só embarca. A canoa encanta. E quando nos damos conta, estamos navegando. As águas são fundas, mas ainda avistamos a beira. Você queria navegar mais. Deixar ir mais longe com aquela disposição que enfrentaria qualquer rio bravo. Porém, nem todos os navegantes se sentem assim. Alguns chegaram em seus limites, outros não querem fugir do raso e uns Continue lendo

1 minuto Todo mundo está ali esperando. O voo, as malas na esteira, o check in ou quem você precisa encontrar. E todos precisamos. Não é fácil pilotar, pousar e decolar um avião. Mas, tem que acontecer. É assim que a gente chega. Por mais chata que seja a espera, por mais inconvenientes que sejam as filas para o despacho de bagagem e por mais grossas que sejam as pessoas do caminho, nós temos que chegar. Do jeito que escolhemos. Já sabemos que em Continue lendo

1 minuto A vida é em comum. Os seres vivos se associam. Para continuar vivendo, para sentir e para seguir. Ambos os organismos recebem benefícios. Não é encantador? As orquídeas vivem em árvores (locais com muita matéria orgânica e pobre em sais minerais). Mas, suas raízes abrigam fungos que decompõem a matéria orgânica do substrato e se transformam em sais minerais. Pronto. Eles são assimilados pelas plantas e todo mundo sai ganhando. É a lei da simbiose e do crescimento pessoal. As orquídeas fazem Continue lendo

1 minuto O cenário está montado. Os dois lados posicionados e todas as testemunhas presentes. E eu sempre pergunto: o martelinho não existe? Aqui, não. Ela leva em consideração as provas, a lei e a sua valiosa convicção pessoal. Que foi e é construída com todas as suas experiências. Que nem sempre foram felizes. Que fizeram chorar, amadurecer e ganhar uma inteligência emocional ímpar. Que hoje consegue ensinar muita gente. E amar também. Por mais difícil que seja, ela sabe decidir. De casa, do Continue lendo

3 minutos Caro preconceituoso, hoje você passou dos limites. Na verdade, você sempre passa. E eu sempre fico com vontade de te responder ou viro meus olhos sem te falar nada. Por isso, achei interessante juntar tudo na carta. Infelizmente, não acho que isso vá mudar o que você pensa e nem te ensinar a amar incondicionalmente, mas se te fizer pensar um pouco sobre o assunto, já valeu. Aproveito para te pedir que enquanto você lê, vá tentando assimilar antes de sair me Continue lendo

1 minuto Hoje temos alegria. Ontem não conseguimos sorrir. Hoje demos risada sem motivo. Ontem estávamos molhados de lágrimas. Nesse minuto, sonhamos com um olhar que hoje nos pertence e nos espera. No minuto de antes, esperávamos um retorno que nunca aconteceria. Agora, a gente enxerga. Antes, a gente não queria ver. Hoje, a gente come de tanta felicidade. Ontem, a gente emagreceu muito de tanta tristeza. Nesse segundo, a gente sente saudade e não vê a hora de matá-la. No segundo anterior, a Continue lendo