Ca(fé)

Tempo de leitura: 1 minuto

Tem uns que esquentam a água e depois colocam no coador, já com o pó, para o café cair na garrafa ou direto na xícara. Tem outros que misturam açúcar e pó na água e colocam pra ferver e só depois jogam a mistura no coador. E outros que inventam seus modos. De coar café, de amar e de superar.
Se pra você o café está muito doce, não significa que ele vai estar muito doce para a outra pessoa também. A gente pode escolher. Sempre. Alguns escolhem café sem açúcar, outros escolhem muito doce e outros nem gostam de café. Em todas as escolhas a gente aprende, se a gente escolher aprender. Podemos prolongar o sofrimento, escolher sofrer ou escolher superar. A gente tem fé. No café e nas pessoas.
Se a gente escolhe tomar café amargo, não vamos por açúcar. Certo?
Precisamos escolher diariamente. Amar, superar ou amar de novo. E é essa escolha que vai guiar seu caminho e seus próximos cafés.
Vamos entender o que a gente quer e ao que a gente vai se submeter. Quais cafés queremos tomar e em que queremos nutrir nossa fé.
Escolhemos. Todos os dias. E não escolher, também é uma escolha. Qual é o tipo de café que vamos tomar ou o tipo de café que vamos fazer? Em qual cadeira vamos nos sentar?
Gosto dos fortes, docinhos e muito quentes. Eu escolho acreditar.
Tenho ca(fé).


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/calcasquadradas/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *