2 minutos O começo, logicamente, é o tombo! Seilá se você caiu de bicicleta, tropeçou ou simplesmente ‘’ caiu de maduro’’, o importante é que ralou, bateu, machucou. Na hora é aquela dor impossível, que te sufoca e que não deixa esperanças de que um dia o seu joelho ralado vai ficar bom de novo. Em alguns escorre sangue sem parar, em outros nem tanto (o que não significa que esteja doendo menos, é apenas um ‘’jeito organismo de reagir’’ diferente). Essa dor é Continue lendo

2 minutos Chegar à praia, depois de um longo período de cansaço e se jogar no mar com tudo, pode ser eleito como um dos maiores prazeres do ano ou da vida, quem sabe. Daí é daquele jeito: pra entrar rola aquele friozinho na barriga, um arrepiozinho na espinha com aquela água sempre meio gelada. Mas logo fica tudo bem, você acostuma. E tem gente que sempre alerta ‘’ Água até a cintura no máximo! Se jogar de cabeça lá pro fundão é muito Continue lendo

8 minutos Há mais ou menos quatro anos, a curitibana de 19 anos, fazia sua primeira aula de teatro. Sempre teve vontade de atuar e cantar, mas o mostro da timidez sempre a assombrou. Deixou sua vontade de fazer aulas de canto pra depois e seguiu o conselho da mãe, que jurava que ela ‘’ daria certo nesse negócio ‘’. AMÉM! Zeiva Buchmann, a mãe, estava absolutamente certa. Quando saiu de sua primeira aula de teatro, Kéfera entrou no carro sorrindo de orelha a Continue lendo

3 minutos Para uma mão bem feita, o primeiro passo é remover os restinhos de esmaltes de semanas ou meses anteriores, aqueles que já estão feios e sem brilho, que podem até te trazer lembranças ruins e não vão te deixar seguir em frente com uma nova unha impecável. É isso ai, limpar tudo. Às vezes é complicado, porque dá um dó de tirar e mudar de cor. Aquela cor era tão linda, você foi a tantos lugares com ela, recebeu tantos elogios por Continue lendo

2 minutos Quem pensa que ser carro é fácil, tá bem enganado. O trânsito é inteiro feito de confiança. Confiar sem ter como confiar. Afinal, você não conhece os colegas carros que te acompanham pelas ruas, estradas ou avenidas. Vale arriscar! Arriscar que o carro do seu lado não vai virar em cima de você com tudo e te machucar. Arriscar que os pneus vão aguentar firmes e fortes, sem deslizar na pista, as tempestades que você enfrenta. Você confia, mesmo sem poder, que Continue lendo

3 minutos E sabe o que eu acho? Nós vivemos em um mundo de costumes. Sim! C-o-s-t-u-m-e-s. As nossas vidas se acostumam, os lugares nos acostumam, as pessoas nos acostumam. Você deixa o seu copo com água todo dia, no mesmo lugar, na pontinha da cabeceira. Algumas vezes ao longo do tempo, ele caiu e a água toda se esparramou pelo chão. Que saco! Ter que sair da sua cama quentinha pra limpar toda aquela água pelo chão. Mas ah, não foram todas as Continue lendo