Sentença

Tempo de leitura: 1 minuto

O cenário está montado. Os dois lados posicionados e todas as testemunhas presentes. E eu sempre pergunto: o martelinho não existe? Aqui, não. Ela leva em consideração as provas, a lei e a sua valiosa convicção pessoal. Que foi e é construída com todas as suas experiências. Que nem sempre foram felizes. Que fizeram chorar, amadurecer e ganhar uma inteligência emocional ímpar. Que hoje consegue ensinar muita gente. E amar também. Por mais difícil que seja, ela sabe decidir. De casa, do gabinete, do tribunal ou de onde ela quiser. E de tanto tomar boas decisões, a vida retribui. Todo o bem que ela fez e faz todos os dias, chega de volta em todas as suas conquistas. E cada vez a gente aprende mais. Em todas as conversas, exemplos ou filosofias. Prática e sem chorumelas. Passa segurança. Me ensinou que a vida quase nunca é fácil e é exatamente esse o valor dela. Porque a gente cresce, se desenvolve e aprende a lidar. Com um novo momento ou com um novo desafio. Eu sei que ela consegue. E mais uma vez, o universo retribui.
E a vez de decidir agora é minha. As partes podem recorrer e tentar reverter. Mas eu já escolhi e sentenciei. Ela é minha mãe.
Julgo procedente.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/calcasquadradas/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *