SEU PALHAÇO!

Tempo de leitura: 2 minutos

Os tipos de circos são intermináveis e tão particulares. Cada um com o seu elenco peculiar. Com o seu estilo. Grandes, pequenos, singelos ou espalhafatosos, com algodão doce ou sem. Alguns mais engraçados outros mais sérios. Alguns mais autênticos outros mais tendenciosos. Alguns com maior elenco, outros com menos participantes. Todos são circos. Todos tentam te impressionar. Todos podem te surpreender. Seja com o coelho que o mágico tira de sua infinita cartola, seja com a menininha que coloca o pé nas costas.
Tudo tenta ser calculado no espetáculo, mas nem sempre é. O malabarista consegue jogar dez objetos pra cima ao mesmo tempo e pegar todos, sem que nenhum caia. O equilibrista tira o seu folego quando anda em cima de uma corda (linha) super bamba. Ele não cai. Triunfa sempre e te tira aplausos. Você já pode voltar a respirar tranquilamente. A moça bonita enrolada no pano vence todas as suas dificuldades e chega lá em cima. Torcemos, rezamos, imploramos pra que ela consiga. Pra que ela não caia. E pronto, o corpo se desenrola e em dois segundos, quase que em queda livre, ela desce, sem cair. Quase toca o chão, mas não toca. É apavorante ver o moço impecável de paletó e cartola enfiar uma dúzia de facas na caixa com a encantadora assistente dentro. Mas ela não se machuca. Sai inteira. Ufa!! Tudo da certo no final. Aplausos.
E ai vem o Palhaço. Desajeitado. Tropeçando. Tentando acertar. O imperfeito que aceita sua inadequação. Com a graça em seu erro. É a sua nobre arte. Errar. Para os palhaços, a gravidade existe. A corda arrebenta, os objetos despencam. Ele cai, se machuca, trapaceia, se apaixona , se encanta, quebra. Ele não vive de aparências e é mais feliz assim.Pode ser ele e pronto. Quem diria… Respira por um nariz tão de mentira e é tão de verdade. Traz o circo a verdadeira realidade. Tira dos expectadores, mais do que aplausos e surpresas, tira gargalhadas. Talvez sejam assim os melhores momentos da vida ou do circo. E quando o palhaço consegue, ele conseguiu de verdade porque ele já caiu tantas vezes antes disso. E ai? Vai deprimir ou vai rir?
Os palhaços falam tanto de nós e os circos falam tanto da vida… Acredito que o mais importante seja aceitar. Aceitar que palhaços sofrem, lutam, vencem. Vencem quando tiram do seu rosto, o maior sorriso que você conseguiu dar, SEU PALHAÇO!


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/calcasquadradas/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *